BDI é uma taxa que se adiciona ao custo de uma obra para cobrir as despesas indiretas que tem o construtor, mais o risco do empreendimento, as despesas financeiras incorridas, os tributos incidentes na operação , eventuais despesas de comercialização, o lucro do empreendedor e o seu resultado é fruto de uma operação matemática baseados em dados objetivos envolvidos em cada obra.

– Nas licitações públicas ou privadas, a empresa pode recorrer a dados históricos das demonstrações contábeis relativas às despesas de sua sede central como parâmetro mais próximo da realidade para o cálculo da taxa de BDI, optando por incluir ou excluir determinados gastos de acordo com a avaliação dos riscos do empreendimento da qual vai participar e levando em conta os interesses estratégicos de sua empresa na apresentação de uma determinada proposta comercial. (Aqui, você pode ler um pouco mais sobre alocação de custos).

– A Administração, ao estabelecer as taxas correspondentes a cada um dos componentes do BDI, tem o dever de justificar a origem das mesmas em função dos diferentes tipos e porte de obras e analisar a qualificação e a estrutura das empresas que participam de uma licitação.

– Portanto, a taxa do BDI não pode estar sujeita a vontade subjetiva e arbitrária da Administração, dos legisladores, dos órgãos de fiscalização e controle, como forma de tabelar o preço final do serviço a ser contratado, sem uma clara demonstração de como foi composto e calculado, com total transparência, garantida pela constituição, pela legislação em vigor e pelas regras de conduta ética profissional, conforme iremos demonstrar mais adiante.

– O BDI adotado pela Administração para o cálculo do “orçamento estimado” previsto nos artigos 6º, 7º e 48º da Lei nº 8666/93 deve ser considerado apenas como um parâmetro de avaliação para a obtenção do valor de referência para julgamento da licitação por parte da Comissão Julgadora da licitação.

 

Inscreva-se

O que é o curso

OBJETIVO:

Apresentar todos os passos para a elaboração do preço de venda de 
serviços de engenharia, arquitetura e afins.Para qualquer tipo de 
construção (edificações, estradas, saneamento,industriais, entre 
outras) e serviços de engenharia (projeto,gerenciamento, entre 
outros), bem como, definir a metodologia de cálculo de todos os itens 
de custos do orçamento.

PÚBLICO ALVO:

Engenheiros, gerentes, técnicos, administradores, estudantes ou 
qualquer outro profissional interessado em trabalhar com Orçamento de 
Obras e Cálculo de BDI.

PROGRAMA:

* Formação de preços
* Custos diretos e indiretos
* Fluxograma do orçamento da obra
* Levantamento e preparação da planilha de serviços
* Elaboração das composições analíticas de custo
* Pesquisa de mercado de preços básicos, mão de obra, materiais
* Estudo dos encargos sociais trabalhistas
* Análise de propostas de serviços de terceiros
* Custo horário de utilização de equipamentos e de transporte
* Cálculo do BDI - metodologia aplicada aos benefícios e despesas indiretas
* Elaboração do cronograma físico-financeiro e do fluxo de caixa
* Montagem final do orçamento

CARGA HORÁRIA: 12HS

Instrutora: Inalara Barcellos

CRK -Certified Remarkable Knowledge pelo ICEC - International Cost Engeenering Council, Mestrado em Engenharia pela UFRGS , Especialista em Orçamentos-IBEC, Graduação em Engenharia Civil pela PUC/RS. Integrante da Comissão de Estudo Especial CEE-162(GT4) da ABNT, que tem por objetivo elaborar a primeira norma técnica sobre orçamento de obras.

Profissional com 19 anos de experiência em engenharia de custos, baseada em condições de colaboração mútua entre diversos profissionais dos setores de orçamentos, planejamento e controle de custos, ocupando os cargos de Gerente de Orçamentos, Coordenadora de Orçamentos, Engenheira de Orçamentos Sênior, Engenheira de Planejamento, Engenheira Controller, Assessoria Técnica Comercial, Sócia da Empresa Centro Engenharia Ltda e Professora de MBA´s da FGV, IBEC, INPG e IPOG.

Obras/Empresas: Serveng Civilsan, Transpetro/Petrobras, OAS, Stemac, Brasken, Promon Engenharia, Techman, Concremat, COPESUL (Pólo Petroquímico), LLX, GM, GKN, Gerdau, Cyrela, ESBEL, ENCOL e Bortoncello Incorporações, Magna Engenharia, Solvi Saneamento, SABESP, SANEPAR, CORSAN.

Palestrante em Congressos, Seminários e Cursos in Company: TCE, Vale do Rio Doce, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, SINDUSCON, INSTITUTO DE ENGENHARIA–SP, SENGE-RS.

Diferenciais IBEC

  • Aulas dinâmicas;

  • Horários flexíveis;

  • Material didático completo;

  • Infraestrutura refinada;

  • Aulas em laboratório de última geração.

Gostaria de mais informações? 
Só preencher o formulário ao lado que entraremos em contato com você.

Inscreva-se

Basta preencher o formulário abaixo e logo entraremos em contato.

Preencha corretamente os campos marcados

Enviando...

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.